contato@comunicabc.com.br

22 de maio, 2024

2

Portabilidade de empréstimo: entenda como funciona

Portabilidade de empréstimo entenda como funciona

Você fez um empréstimo, mas está precisando reajustar as contas do mês? Saiba que você pode usar a portabilidade de empréstimo consignado para conseguir uma negociação mais vantajosa!

Com a portabilidade você consegue mudar sua dívida de um banco para o outro e assim aproveitar as melhores ofertas.

Quer saber tudo sobre a portabilidade de empréstimo? Continue a leitura que vamos te contar!

O que é a portabilidade de empréstimo?

Como já dissemos, a portabilidade de empréstimo é uma modalidade que permite escolher por qual instituição financeira deseja pagar sua dívida.

A portabilidade surgiu para aumentar a concorrência e assim possibilitar que o cliente possa escolher a melhor proposta de pagamento para o empréstimo.

Isso quer dizer que você pode conseguir aumentar o prazo de pagamento, ou a redução nas taxas de juros. 

Na prática, a portabilidade é a troca de dívida. Você fez o empréstimo em um banco, mas depois, recebeu uma proposta melhor para quitar aquela dívida. Então você troca de uma instituição financeira para outra.

Como funciona a portabilidade de empréstimo?

Quando você faz um empréstimo em um banco, você precisa precisa pagar as parcelas mensais daquela operação, certo?

Então, quando você solicita a portabilidade de empréstimo, essas parcelas são pagas pelo novo banco que você escolheu. E assim, inicia um novo contrato, pago com as condições oferecidas pela instituição que comprou sua dívida.

Funciona da mesma forma que a portabilidade de operadora de celular. Você muda a empresa, permanece com o mesmo número, mas consegue um pacote mensal melhor, com menor preço, ou maior pacote de dados, por exemplo.

Aqui é usada a mesma lógica, você fez um empréstimo mas deseja ter melhores condições. Você tem a opção de fazer a portabilidade com redução de parcelas, ou a portabilidade com troco. 

No caso a redução de parcela é ideal para quem está em busca de diminuir o valor mensal de pagamento. Já no caso do troco, é para quem fez o empréstimo, mas está precisando de um valor extra.

Como fazer a portabilidade de empréstimo?

Ficou interessado em fazer a portabilidade de empréstimo? O processo é bem simples. Veja o que fazer para trocar sua dívida de banco.

O primeiro passo é pegar um extrato do seu empréstimo consignado, você pode obter essa informação com a instituição onde foi feito o empréstimo, ou então com o INSS, para quem é beneficiário.  

Depois que você tiver o extrato com todos os dados: saldo devedor, valor da parcela, modalidade de crédito, etc, aí é só apresentar para a nova instituição.

Você leva o extrato, verifica se a proposta está de acordo com a sua necessidade, e faz a solicitação de troca. Após o pedido, basta aguardar o processo de portabilidade entre o banco atual e o novo banco. 

Importante lembrar que esse tipo de operação não prevê cobranças de taxas e tarifas para efetuar a troca.

Quem pode fazer a portabilidade de empréstimo?

Por último, saiba que para fazer a portabilidade é necessário que o contrato tenha sido feito por pessoa física e a instituição financeira integrar o Sistema Financeiro Nacional (SFN).

Confira com a instituição que você escolheu para fazer a portabilidade a idade mínima e máxima para a operação. E também o número de parcelas mínimas. Essas restrições podem variar de banco para banco. 

Tags:

Redação Multti Clique

Redação Multti Clique

O Multti Clique é um portal que traz as principais artigos e noticias para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *