contato@comunicabc.com.br

14 de abril, 2024

2

O que é dropshipping? Vale a pena?

dropshipping

Dropshipping é um modelo de negócio simples de lançar no papel, visto como um Eldorado para alguns. No entanto, os empreendedores que conseguem sucesso com o dropshipping não são tão numerosos.

De fato, se o dropshipper quiser escalar, vai ter que investir em muitas horas de trabalho, habilidades cruzadas e um mínimo de capital financeiro para ter sucesso.

Mas, o que exatamente é dropshipping e por que o modelo é tão atraente? Você pode realmente ganhar a vida se tornando um dropshipper? Quais são as vantagens e desvantagens de tal negócio?

Para sanar essas dúvidas, fizemos um balanço para lhe dar uma visão geral do método antes de entrar nele de corpo e alma!

O que exatamente é dropshipping?

Dropshipping é sobretudo e-commerce, ou seja, vendas online através de um ou mais sites, mas também através de marketplaces como Amazon, Mercado Livre, Magalu, para citar apenas alguns.

No entanto, ao contrário de um e-commerce tradicional, o dropshipper não possui estoque físico para manter.

De fato, esse novo tipo de comércio eletrônico é um intermediário entre o comprador e o atacadista.

Por outras palavras, quando o dropshipper recebe uma encomenda do seu cliente através do seu site para um produto que apresenta, faz uma encomenda ao grossista do produto, instruindo-o a enviá-lo ao seu comprador.

Por que o modelo de dropshipping é tão atraente?

Numa altura em que muitas pessoas optam pelo empreendedorismo e pela independência financeira, o dropshipping aparece como uma opção sedutora para muitos criadores de negócios com “alma empreendedora”.

Como você deve ter percebido, as vantagens do dropshipping não são desprezíveis:

  • Você não tem estoque físico e, portanto, não precisa de uma sala dedicada para realizar sua atividade;
  • Você só compra os produtos que vende e não precisa de dinheiro;
  • Você não gerencia a parte de logística, a preparação dos pacotes e o envio desses;
  • Você trabalha na web, portanto, uma conexão com a Internet e um computador são suficientes;
  • Você gerencia sua atividade onde quer que esteja, no Brasil ou do outro lado do mundo.

Em outras palavras, você se concentra no seu core business, ou seja, vendas, comunicação, marketing e relacionamento com o cliente.

Você, portanto, usa vários chapéus, mas não assume o lado puramente logístico que não é produtivo de valor agregado.

A fórmula tem algo para agradar, quando vemos que os maiores e-merchants estão entrando também, já que o sistema de dropshipping se parece com os marketplaces, onde o site oferece produtos enviados por outros vendedores.

Os limites do dropshipping

O dropshipping tem suas vantagens. Isso significa que o que você não conhece como um comerciante eletrônico com visão de futuro pode causar alguns problemas com seus clientes.

Aqui estão alguns exemplos de desvantagens do dropshipping que você não encontra em uma loja online tradicional:

  • Você compra seus produtos mais caros do que se fornecesse diretamente por várias centenas ou milhares de reais;
  • Como resultado, sua margem de vendas é menor;
  • Você não sabe exatamente o que tem em estoque e pode vender um produto esgotado ao seu fornecedor, resultando na decepção do seu cliente;
  • A gestão das devoluções, de acordo com o direito de rescisão obrigatório de 14 dias, é da sua responsabilidade, e às vezes é caro porque o seu fornecedor está localizado no exterior;
  • Você escolhe um atacadista cujo acesso ao catálogo geralmente é pago com uma assinatura mensal, o que reduz ainda mais seu lucro;;
  • Muitos dropshippers escolhem plataformas de conexão localizadas fora do Brasil para encontrar seus produtos, mas os produtos oferecidos raramente atendem aos padrões Brasileiros;
  • Nesse contexto, você incorre em ajuste fiscal e aduaneiro, sanções para a repressão à fraude e compromete fortemente sua responsabilidade civil profissional e até pessoal.

Pontos de atenção

Além dessas desvantagens que devem ser levadas em consideração antes de criar seu site de dropshipping, tenha em mente os seguintes pontos, que podem afundar rapidamente seu negócio online:

  • Você depende de um atacadista, fornecedor ou grupo de compras, se a plataforma fechar ou seu produto principal for removido do catálogo, você precisa de um plano B com urgência;
  • Você é dependente de plataformas de vendas, principalmente se você não tiver seu próprio site, as políticas de elegibilidade para os demais vendedores lá são drásticas e muitas vezes nebulosas, então você pode ser excluído da noite para o dia (atraso na entrega, não conformidade de um produto, avaliação ruim de um cliente, denúncia de um concorrente, etc.);
  • A concorrência é extremamente presente e raramente você é o único comerciante eletrônico a oferecer os produtos que vende, portanto, você deve ser o mais visível, o menos caro ou o mais diferenciado.

Perguntas para se fazer antes de se tornar um dropshipper

Como vimos, o dropshipping tem, como qualquer forma de comércio, suas vantagens e desvantagens. Mas o que muitos empreendedores não sabem são os aspectos mais vitais do sucesso neste mundo cruel.

De fato, se você deseja fazer do dropshipping um negócio real, permitindo que você tenha dias de lucratividade alta, aqui estão algumas perguntas a serem feitas antes de criar um site completo para por o dropshipping em prática:

  • Você tem um produto de nicho que não é oferecido pela concorrência e a demanda é real?
  • Quer vender em marketplaces ou criar o seu próprio site?
  • Você domina o ranqueamento orgânico, SEO on-page e SEO off-page?
  • Pode pagar por assinaturas (marketplaces, nome de domínio, contrato de fornecedor, etc.) antes que o dinheiro comece a entrar?
  • Sabe como usar as alavancas do marketing digital? Campanhas de publicidade paga (Google Ads, Facebook Ads, etc.)? Criar um site de comércio eletrônico?
  • Conhece as leis que regem o comércio eletrônico como: obrigação de ter condições gerais de venda, obrigação de ter um endereço de retorno?, e obrigação de estar registrado junto de um mediador em caso de litígio?
  • Tem uma boa comunicação e uma boa escrita? Para alcançar os leads e vender seus produtos, é melhor ter um português impecável.

Essas poucas perguntas devem servir de base para a reflexão sobre seus canais de distribuição, sobre as habilidades que você precisa desenvolver, sobre seu trabalho a ser delegado e, em geral, sobre a viabilidade de seu projeto.

Mais do que nunca, construir um plano de negócios sólido será de grande ajuda para você.

Dicas para entrar em um mundo competitivo

As dicas que damos em termos de dropshipping de e-commerce não são válidas para todos os projetos e não são os únicos que existem.

Aqui estão algumas ideias para configurar uma receita exclusiva que será sua para gerar visitas e principalmente vendas em seu site:

  • Crie seu próprio site e melhore-o ao longo do tempo criando uma landing page, artigos de blog, fichas de produtos que convertem, um funil de vendas impecável, um design moderno que adere à imagem da sua marca, etc.
  • Multiplique os sites de vendas, seja criando sites menos otimizados com os mesmos produtos para impulsionar seu site principal ou reduzindo suas melhores referências de catálogo, conhecidas como produtos emblemáticos, em sites de mini vendas
  • Escolha um e-commerce tecnicamente eficiente e de fácil acesso para iniciantes: WordPress junto com WooCommerce, Prestashop, Wizishop ou mesmo Magenta para os mais experientes
  • Aposte na publicidade com a aquisição de clientes pagos para começar, depois reduza gradualmente o peso da publicidade em favor de uma aquisição sustentável e regular graças ao ranqueamento orgânico
  • Tenha uma estratégia multi-channel, mas atenha-se a soluções adequadas para os produtos que você promove: site, marketplace, página e grupo do Facebook, Instagram, TikTok, etc.
  • Tenha vários fornecedores para não se encontrar em total dependência e fique um passo à frente de seus concorrentes
  • Se possível, encontre um atacadista na Brasil para evitar quaisquer problemas com seus clientes e com as autoridades
  • Cuide do relacionamento com a sua comunidade e torne seus clientes mais fiéis os verdadeiros embaixadores: descontos, patrocínio, newsletter, agradecimento, etc.
  • Proibir certos tipos de produtos, como cosméticos, eletrônicos, alimentos, que estão sujeitos a muitos padrões difíceis de dominar no dropshipping.

Conclusão

Seguindo todos os nossos conselhos, com muita leitura, aprendizado, engenhosidade e paciência, você poderá ter muito sucesso com seu e-commerce utilizando o dropshipping.

A mania do dropshipping é inegável, o fato é que ela tem seus limites e que o método tende a perder força com o passar dos anos.

Portanto, é necessário levar isso em consideração antes de iniciar e consolidar bem o seu projeto para ter todas as chances de sucesso.

Tags:

Redação Multti Clique

Redação Multti Clique

O Multti Clique é um portal que traz as principais artigos e noticias para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *