contato@comunicabc.com.br

22 de maio, 2024

2

Nódulo na tireoide: o que pode ser e quando é preciso removê-lo?

Nódulo na tireoide o que pode ser e quando é preciso removê-lo

Se você está em busca de informações sobre quando é preciso remover o nódulo da tireoide, veio ao lugar certo. Aqui vamos mostrar tudo o que precisa saber sobre o assunto.

Acontece que muitos pacientes quando recebem os resultados dos exames e veem que possuem “nódulo na tireoide” se assustam. Em bastante comum que perguntem do médico se estão com algum tipo de câncer.

Bem, as dúvidas são muitas, se é algo perigoso, qual é e como funciona o tratamento. No entanto, antes de qualquer coisa é bom respirar fundo e tentar manter a calma.

O profissional que irá ler o seu exame é o médico. Normalmente é um endocrinologista e/ou um cirurgião de pescoço e cabeça.

Com isso não é preciso sofrer por antecedência. Pensando em lhe ajudar a entender o que é e o que pode ser esse nódulo foi que montamos esse conteúdo.

Quer saber mais? Então continue lendo este artigo e descubra mais sobre o assunto.

Qual a função da tireoide?

exame de toque tireoide

A tireoide é uma glândula que fica no pescoço, a qual é responsável por produzir os seguintes hormônios: T3, T4 e calcitonina. Eles são muito importantes para que o metabolismo.

No entanto, essa glândula pode acabar por sofrer diversas doenças, as quais podem causar alguma alteração tanto na sua forma quanto em sua função. Isso faz com que cause o hipertireoidismo (que acontece quando existe uma produção alta de hormônios).

Além dessa alteração, pode acontecer o hipotireoidismo (que é quando a produção de hormônios é insuficiente). Mas, também pode ser que outras alterações apareçam em sua estrutura e isso faz com que se forme nódulos na glândula.

Bem, existem muitos estudos que apontam que boa parte desses nódulos são benignos e eles não produzem hormônios. Por outro lado, existem casos em que os nódulos podem fazer com que a glândula adquira uma grande dimensão.

Isso faz com que o paciente apresente falta de ar e/ou dificuldade para engolir. No geral, quando acontece do nódulo ficar com um volume muito grande, onde é difícil tratar com remédios os médicos indicam o procedimento cirúrgico.

O que é o nódulo da tireoide e quando pode remover?

Bem, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia o nódulo da tireoide trata-se de uma espécie de massa de tecido tireoidiano. Ela cresceu e pôde ser chamada de cisto quando está cheio de líquido.

É importante pontuar que existem diversos tipos de nódulos. Eles costumam ser como pequenos caroços, os quais podem aparecer tanto sozinhos quanto em grande quantidade.

Isso costuma acontecer quando um nódulo aparece: a preocupação se ele será maligno ou não. Mas, na maioria das vezes eles são benignos.

Acontece que ao que se sabe apenas uma porcentagem pequena desses nódulos são malignos. Ou seja, podem indicar algum tipo de câncer.

No entanto, recomenda-se marcar uma consulta com um especialista. Apenas o seu médico poderá dar um diagnóstico certo e pedir os exames para avaliar os resultados e indicar o melhor tratamento.

Caso haja um nódulo maligno, será preciso remover por meio de procedimento cirúrgico. Mas, se o nódulo que apareceu é indeterminado o médico pode recomendar a cirurgia de remoção da tireoide.

Isso para poder chegar a um diagnóstico mais completo. No entanto, nos dias de hoje já existem outros modelos de teste que podem ajudar a chegar a um resultado sem a intervenção cirúrgica.

Quais os sintomas de nódulo na tireoide?

Bem, a maioria dos nódulos que surgem nessa glândula não apresentam sintomas nem sinais. Mas, se a maioria não apresenta sintomas, como eles são descobertos?

Essa é uma pergunta fácil de responder, a descoberta costuma ser feita por meio de exame físico de rotina. No entanto, ele também pode ser detectado por meio de exames de imagem, através de uma ultrassonografia por exemplo.

Além disso, em certos casos o próprio paciente acaba sentindo o nódulo ao realizar o autoexame, apalpando o local. Por outro lado, existem casos onde o nódulo fica muito grande e algumas pessoas apresentam alguns sintomas.

Por exemplo, é comum que sintam inchaço na base do pescoço, falta de ar, dificuldade para engolir, pressão na traqueia ou esôfago. Em outros casos, esse nódulo pode produzir o hormônio tetraiodotironina (T4) a mais.

Essa produção adicional do hormônio pode causar sintomas de hipertireoidismo. Alguns dos sintomas que podem aparecer são: perda de peso sem explicação, tremor, a transpiração sofre um aumento e o batimento cardíaco fica irregular ou mais rápido.

O que pode provocar o nódulo na tireoide?

Bem, as chances de se desenvolver nódulos tireoidianos cresce conforme a pessoa envelhece. Aos 60 anos mais ou menos metade da população descobre nódulos na glândula.

No entanto, a causa para a presença de nós benignos ainda é desconhecida. Ao que se sabe a deficiência de iodo, genética e a doença de Hashimoto são apontadas como causas para a formação deles.

O que é TI-RADS?

O TI-RADS (Thyroid Imaging Reporting And Data System) trata-se de um sistema que é útil para notificar os nódulos em um exame de imagem. Ele foi criado pelo ACR (American College of Radiology).

Ele costuma fazer uso de uma espécie de pontuação padrão que serve para criar relatórios. Eles irão fornecer aos seus usuários diversas recomendações sobre quando é uma boa hora para usar a aspiração com a agulha fina (PAAF).

Além disso, vai servir para quando se indicar um acompanhamento por meio de exames de imagem. Por exemplo, ultrassonografia para ver se existe nódulo suspeitos.

Conclusão

exame de tireoide

Por fim, deixamos à sua disposição informações sobre nódulos na tireoide. Além disso, é possível ver quando é preciso uma intervenção cirúrgica para remoção.

É importante ter em mente que a maioria não apresenta sintomas. Mas, para descobrir o nódulo é preciso ir ao médico realizar um exame físico de rotina.

No entanto, em muitos casos o próprio paciente pode descobrir por meio do autoexame. Os exames de imagem como a ultrassonografia de pescoço podem mostrar se existe algum nódulo na glândula.

Gostou desse conteúdo? Esperamos ter ajudado em sua busca, caso tenha alguma dúvida é só deixar um comentário.

Tags:

Redação Multti Clique

Redação Multti Clique

O Multti Clique é um portal que traz as principais artigos e noticias para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *