contato@comunicabc.com.br

22 de maio, 2024

2

Estudar em casa: veja como ajudar as crianças

Estudar em casa: veja como ajudar as crianças

Manter a concentração em casa não é uma tarefa simples para os adultos e para as crianças não seria diferente. Afinal, é comum que os pequenos queiram explorar as novidades de cada etapa da vida e fiquem entediados quando o assunto é estudo. Então, será que existe uma forma de ajudar seu filho a estudar em casa?

Essa é uma tarefa desafiadora para a maioria dos pais e responsáveis, especialmente em tempos em que as crianças usam cada vez mais o celular, notebook, tablets e etc.

Por isso, separamos algumas dicas essenciais que poderão ajudar você na árdua tarefa de fazer os pequenos se concentrarem no estudo em casa. Confira abaixo.

Qual a importância do incentivo a estudar em casa?

Para que as crianças conquistem boas notas e desempenho escolar ao longo do ano letivo, é preciso que elas se sintam motivadas. Com isso, não é só tarefa dos professores pensarem em estratégias para manter os pequenos motivados, os pais e responsáveis também precisam pensar em iniciativas para o estudo em casa. 

Portanto, escola e família necessitam andar juntas e trabalhar em parceria para incentivar o estudo. Assim, é possível que eles entendam a importância, a longo prazo, de se concentrar e estudar em casa e na escola. 

Quais hábitos atrapalham na hora do estudo do meu filho?

Identificar se os pequenos precisam ou não de ajuda no estudo é o primeiro passo a se fazer. Porém, é importante que os pais não vejam apenas as notas do filho(a), mas também observem quais são os hábitos do dia a dia que podem interferir no aprendizado, sejam eles benéficos ou não. 

Abaixo você consegue ver alguns fatores que atrapalham o rendimento escolar da criança e, por isso, devem ser eliminados. Confira quais são os principais:

Ambiente bagunçado

Em qual local seu filho(a) estuda? O ideal é que seja um local calmo, sem muito barulho e nem distrações. Assim, observe bem se o espaço que ele estuda pode ser melhorado. Dessa forma, ele terá mais conforto durante a realização dos deveres de casa

Outra dica é ver se a ergonomia do espaço está adequada e se ele é bem iluminado ou não. É importante que o ambiente de estudo esteja sempre limpo e organizado. Portanto, invista em prateleiras, nichos, gavetas, escrivaninhas entre outros recursos para que o material escolar esteja em boas condições de uso. 

Uso em excesso de aparelhos eletrônicos

Os celulares e computadores são ótimos instrumentos para os pequenos interagirem com colegas ou até mesmo acessarem aplicativos gratuitos de ensino. Porém, os responsáveis por eles precisam ficar atentos ao tempo que as crianças usam as redes sociais. 

O uso constante e exagerado da internet e dessas ferramentas, além de tirarem o foco e deixarem os pequeninos dispersos, também faz com que o interesse deles pelas aulas reduza. 

Falta de rotina para os estudos

A rotina ajuda muito no foco e concentração das pessoas, independente de qual seja a idade. Por isso, crianças e adolescentes precisam de orientações em relação às horas e momentos em que irão se dedicar ao estudo. 

Em outras palavras, isso significa que os pais podem ajudá-los a criar uma rotina. Uma dica é orientá-los na divisão das horas de estudo, momentos de lazer, descanso e atividades extracurriculares, caso houver.

O importante é que os responsáveis, em conjunto com as crianças, mantenham uma rotina que seja saudável. Assim, mostra-se para eles que é possível ter um equilíbrio e responsabilidade em relação às tarefas e aos momentos de lazer. 

Excesso de atividades e tarefas

A cobrança pode ser a inimiga número um que faz os pequenos desistirem de estudar em casa. Por isso, os pais precisam de atenção e cuidado com o excesso de cobranças. 

Quando muito pressionadas, as crianças ficam desmotivadas e não aprendem direito. Mas, se elas estiverem com a mente descansada e se sentirem acolhidas, os estudos podem fluir melhor. 

Falta de apoio e diálogo dos pais

Estudar em casa não deve ser encarado pelos pequenos como um momento de tédio, medo e conflitos. Para evitar que isso ocorra, os pais precisam estarem abertos ao diálogo com os filhos, só assim eles poderão entender quais são as dificuldades dos pequenos.

Além disso, manter uma postura acolhedora nos momentos em que eles não conseguem realizar uma tarefa é essencial para incentivá-los a continuar estudando. É importante mostrar que obstáculos sempre irão existir e que eles fazem parte da vida, mas que com persistência e dedicação é possível superá-los. 

Percebeu que seu filho está com muita dificuldade e que as sugestões citadas não estão ajudando? Então vale a pena marcar uma conversa com a escola em que ele estuda. Com toda certeza os professores e diretores conseguirão te ajudar nesta missão!

Tags:

Redação Multti Clique

Redação Multti Clique

O Multti Clique é um portal que traz as principais artigos e noticias para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *