contato@comunicabc.com.br

19 de maio, 2024

2

Entenda como lidar com os ciúmes entre irmãos pequenos

Entenda como lidar com os ciúmes entre irmãos pequenos

Como lidar com o ciúme do irmão mais velho com a chegada de um novo bebê?

A chegada de um bebê é um evento desafiador para várias famílias e envolve o preparo de todos os membros, principalmente dos irmãos menores. Muitas expectativas e emoções estão envolvidas, tanto em relação ao bebê quanto em relação ao irmão mais velho.

Neste momento, é importante entender que uma criança ainda não tem maturidade e controle de suas ações. Assim, podem surgir ciúmes em relação aos irmãos mais novos, pois eles podem se sentir inseguros, achando que perderão a atenção e o carinho dos pais.

As manifestações de ciúmes podem alterar o comportamento da criança de várias maneiras, tais como a perda do apetite, alterações no sono, silêncio, isolamento e atitudes mal-educadas ou agressivas, até mesmo com o bebê e os brinquedos, em que ela não aceita dividir aquilo que lhe pertence.

Atitudes comuns de ciúmes entre irmãos

É natural que os mais velhos sejam tomados de emoções negativas, porque antes eles não tinham que dividir a atenção dos pais. Assim, eles podem começar a enxergar o outro irmão como um intruso. Além da insegurança e ciúmes, eles podem se sentir ressentidos e com raiva.

Mas como ainda não sabe expressar em palavras os seus sentimentos e, na maior parte das vezes, não entende o que são sentimentos negativos, a maneira da criança de extravasar as emoções pode se dar de diferentes formas:

  • Tentar machucar o bebê fisicamente ou dizer para todos que não gosta do irmão mais novo.
  • Fazer xixi na cama e apresentar um comportamento retraído.
  • Mostrar-se carinhosa e solícita com o irmão, mas ficar agressiva com a mãe.
  • Apresentar problemas de comportamento na escola.
  • Pode aceitar de início o irmão, mas quando ele estiver maior e começar a brincar, desenvolve ressentimento aflorado.
  • Alguns problemas podem surgir quando o pequeno começa a se socializar e não depende mais tanto do irmão.

Como preparar o seu filho?

Como já vimos, muitas são as mudanças de comportamento que podem acometer o irmão mais velho, por isso, é importante ajudar a criança a entender o seu lugar na família, explicando que o papel dela irá mudar, mas que o amor e o carinho dos pais vão continuar da mesma forma.

Tenha calma com o mais velho e proporcione um ambiente seguro e estável. Apresente o irmão desde a gestação, incentivando o mais velho a conversar com o bebê. E depois do nascimento, tanto a mãe quanto o pai podem envolver o mais velho nos cuidado com o mais novo, pedindo ajuda em atividades simples.

Estimule as ações positivas que o irmão mostrar pelo mais novo com elogios. Quando algum comportamento negativo acontecer, mostre a ele com firmeza o motivo de não repetir a ação, reforçando que o amor por ele continua o mesmo, mas a atitude não é aprovada.

Fique atento aos sinais de depressão em casa e na escola. Faça visitas periódicas e converse com a professora do seu filho, explicando a situação e pedindo ajuda nesse sentido. Se alguma alteração considerável no comportamento, como isolamento e tristeza contínua for notada, é bom procurar ajuda profissional.

Atitudes que os pais devem evitar

Entre o turbilhão de emoções e as mudanças que afetam todos os membros da família, existem algumas atitudes que os pais devem evitar para conseguir aliviar e administrar as emoções negativas que podem surgir entre os irmãos.

Agir de forma imatura

É preciso ter maturidade e inteligência emocional para saber lidar com os problemas que surgem com os filhos. Crianças são como antenas e captam aquilo que os outros estão sentindo. Se você quer que seu filho seja um adulto bem-sucedido, você precisa ter controle de si mesmo para fornecer um ambiente seguro.

Isolar o filho devido a uma atitude negativa

A criança toma certas atitudes porque não tem total controle de si mesma, seu sistema nervoso ainda não está completamente maduro. Por isso, discipline sem isolar como forma de punição. Procure conversar sempre com seu filho e atender às necessidades dele.

Não jogue a responsabilidade para o seu filho

O irmão mais velho nunca pode ser responsabilizado pelas atitudes e falhas do mais novo. Afinal de contas, ele ainda precisa de orientação e que as suas necessidades sejam atendidas também e não tem condições de cuidar de outra criança. É importante que ele tenha as tarefas dele, mas lembre-se de que ele ainda é uma criança.

Evite comparar os seus filhos

Comparações nunca são saudáveis e podem causar vergonha e constrangimento. Não estimule competições entre seus filhos com brincadeiras de quem pode ganhar ou perder. Criar um ambiente de cooperação é mais saudável do que estimular a competição. O bem-estar e os sentimentos de todos os membros são muito importantes.

Tags:

Redação Multti Clique

Redação Multti Clique

O Multti Clique é um portal que traz as principais artigos e noticias para te ajudar. Trazendo dicas e muito conteúdo de qualidade.

Está Gostando? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *